Covardia: Câmara mantem veto ao reajustes do funcionalismo

Com a preciosa ajuda do CENTRÃO, de Rodrigo Maia e da mídia patronal, o governo manteve, na Câmara dos Deputados, o veto de Bolsonaro a qualquer proposta de reajuste para o funcionalismo público. A covarde decisão da Câmara reverteu, em benefício do governo e de todos os que querem destruir o serviço público, a votação no Senado que, na quarta-feira (19/8), havia derrubado o veto de Bolsonaro a reajustes. Continuar lendo Covardia: Câmara mantem veto ao reajustes do funcionalismo

Bolsonaro veta obrigatoriedade de uso de mácaras em locais públicos

A mensagem de veto foi publicada hoje, 3 de julho, no Diário Oficial. A medida ocorre em meio ao agravamento da pandemia COVID-19 em todo o país, e quando se discute reabertura do atendimento ao público nas unidades do INSS. Caso o veto não seja derrubado pelo Congresso, os estabelecimentos, inclusive órgãos públicos, ficam desobrigados de adotar as medidas sanitárias e mesmo de fornecer equipamentos de proteção a seus funcionários. O veto é mais uma ação irresponsável do Governo Federal, que tem negado a gravidade da pandemia, e, por seus efeitos, pode acarretar verdadeiro genocídio no Brasil. Continuar lendo Bolsonaro veta obrigatoriedade de uso de mácaras em locais públicos