Votação na comissão especial fica para a semana que vem

Por falta de acordo, relator reapresentou texto original do substitutivo. Na próxima semana seguiremos em Brasília pressionando pela derrota da PEC 32 e pelo reconhecimento da atividade típica de Estado. É fundamental ampla participação da categoria na Plenária Nacional da FENASPS neste sábado. Ontem à tarde (16/09) o relator da PEC 32, Deputado Arthur Maia, apresentou um novo substitutivo com o mesmo teor do que ele havia apresentado no início de setembro. O motivo do recuo, segundo apuramos, foi a repercussão negativa em torno do texto que havia sido apresentada na quarta-feira à noite. Conforme o relator, “os membros da … Continuar lendo Votação na comissão especial fica para a semana que vem

Reforma Administrativa está prestes a ser votada na comissão especial

É necessário intensificar a batalha para derrotar a PEC 32 e pelo reconhecimento da atividade previdenciária como típica de Estado, isto é, 100% pública. Desde o início da semana estamos em Brasília participando da jornada nacional de luta contra a … Continuar lendo Reforma Administrativa está prestes a ser votada na comissão especial

Congresso permite reestruturação de carreiras na Receita Federal que impacta servidores do Seguro Social

O Congresso Federal derrubou nesta segunda-feira (19) um veto presidencial de 12 anos atrás, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e autorizou a migração dos servidores da antiga Secretaria de Receita Previdenciária para a Carreira de Analista Tributário da … Continuar lendo Congresso permite reestruturação de carreiras na Receita Federal que impacta servidores do Seguro Social

Senado aprova PEC Emergencial com gatilhos contra os servidores e auxílio minguado para o povo

Embora a possibilidade de redução de até 25% dos salários do funcionalismo tenha ficado de fora, o Senado aprova possibilidade de congelamento salarial, proibição de realização de concurso e suspensão das progressões. O texto também autoriza a concessão do auxílio emergência, mas limitado a R$ 44 bi. A matéria segue agora para a Câmara dos Deputados. Continuar lendo Senado aprova PEC Emergencial com gatilhos contra os servidores e auxílio minguado para o povo

Em cima da hora, adiamento do ponto facultativo desnuda total desrespeito do governo com os servidores e com a população

Após muitos boatos, ontem o governo federal resolveu adiar o ponto facultativo alusivo ao dia do servidor público, que desde o fim do ano estava previsto para acontecer hoje, dia 28 de outubro. Conforme a nova portaria, assinada pelo Ministro Paulo Guedes e publicada na noite de ontem no Diário Oficial, o ponto facultativo deverá acontecer na próxima sexta-feira, dia 30 de outubro. Continuar lendo Em cima da hora, adiamento do ponto facultativo desnuda total desrespeito do governo com os servidores e com a população

Bolsonaro veta obrigatoriedade de uso de mácaras em locais públicos

A mensagem de veto foi publicada hoje, 3 de julho, no Diário Oficial. A medida ocorre em meio ao agravamento da pandemia COVID-19 em todo o país, e quando se discute reabertura do atendimento ao público nas unidades do INSS. Caso o veto não seja derrubado pelo Congresso, os estabelecimentos, inclusive órgãos públicos, ficam desobrigados de adotar as medidas sanitárias e mesmo de fornecer equipamentos de proteção a seus funcionários. O veto é mais uma ação irresponsável do Governo Federal, que tem negado a gravidade da pandemia, e, por seus efeitos, pode acarretar verdadeiro genocídio no Brasil. Continuar lendo Bolsonaro veta obrigatoriedade de uso de mácaras em locais públicos

Não Aceitamos Morrer Para o Capital Sobreviver

Neste grave momento em que o país e o Mundo está refém do COVID-19, estamos procurando garantir as condições para que não se estrangule o SUS, e para que as pessoas não se contaminem e causem a morte de milhares de brasileiros. Entendemos o momento grave que estamos passando e estamos em confinamento seguindo as orientações da OMS , infectologistas, cientistas e das autoridades nacionais em saúde, e o presidente, num arrebate de super deus, vem a público dizer que esse vírus causa uma simples “gripezinha” totalmente desconectado com as orientações e informações dos países afetados no mundo e com … Continuar lendo Não Aceitamos Morrer Para o Capital Sobreviver

São necessárias medidas urgentes para derrotar o coronavírus e garantir o sustento das famílias

O pronunciamento do Presidente da República ontem, 24 de março, foi a prova mais cabal da irresponsabilidade com que o governo federal está tratando a pandemia de coronavírus e seus efeitos na sociedade. Mesmo que a doença esteja se disseminando numa velocidade espantosa, principalmente nos grandes centros urbanos como São Paulo, Bolsonaro não mudou um milímetro do seu discurso, e continua afirmando que se trata apenas de uma “gripezinha”. Desse modo, se abstém de apresentar qualquer medida concreta para prevenir e combater o desenvolvimento da doença, e para garantir o sustento das famílias diante da inevitável paralisação da economia. Frente … Continuar lendo São necessárias medidas urgentes para derrotar o coronavírus e garantir o sustento das famílias

Em meio à pandemia Rodrigo Maia quer reduzir salários de servidores

O Coletivo Mudança e Renovação- Fenasps, vem a público manifestar REPÚDIO a notícia que o Presidente da Câmara dos Deputados- Rodrigo Maia- , outros integrantes do congresso nacional e do Governo Bolsonaro estariam debatendo uma proposta redução salarial e de jornada dos servidores públicos, numa medida que representaria um profundo retrocesso social e econômico, além de um ataque frontal aos SERVIDORES PÚBLICOS, responsáveis pela manutenção/operacionalização dos serviços públicos, atingindo em especial neste momento àqueles que estão diretamente no combate à pandemia do coronavírus – como os Servidores da saúde, segurança pública, vigilância sanitária(Anvisa), controle de fronteiras, dentre outros – e … Continuar lendo Em meio à pandemia Rodrigo Maia quer reduzir salários de servidores

Contra a intervenção militar, o INSS precisa de concurso público, já!

Assine e compartilhe o abaixo-assinado da FENASPS Os Militares não resolverão o problema do atendimento. Para isso, é necessário um plano emergencial com as seguintes medidas: – Convocação emergencial de servidores do INSS aposentados recentemente, que já conhecem o serviço e podem amenizar o problema imediatamente, sem necessidade de capacitação. – Nomeação imediata dos aprovados no último concurso do INSS – Plano de curto e médio prazo de recomposição da força de trabalho, reorganização do atendimento e solução dos problemas de infra-estrutura do INSS. https://www.change.org/p/governo-federal-o-inss-precisa-de-concurso-p%C3%BAblico-j%C3%A1-contra-a-interven%C3%A7%C3%A3o-militar?recruiter=1018851658&recruited_by_id=359341b0-0707-11ea-beab-5fc3196b55da&utm_source=share_petition&utm_medium=copylink&utm_campaign=psf_combo_share_initial Continuar lendo Contra a intervenção militar, o INSS precisa de concurso público, já!