O Coletivo Mudança e Renovação não apoia nenhuma chapa para a VIVAPREV

Conforme deliberado nos fóruns da categoria, participamos da primeira gestão da Fundação Viva de Previdência com o objetivo de garantir as condições para que os peculistas pudessem retirar o dinheiro que tinham investido. Agora, esgotados todos os limites que, inicialmente, nos levaram a atuar nesta frente, nos retiramos da VIVAPREV com a certeza do dever cumprido. Continuar lendo O Coletivo Mudança e Renovação não apoia nenhuma chapa para a VIVAPREV

Pesquisa sobre condições de trabalho nas CEAB-DJ aponta para problemas antigos, nunca resolvidos pela direção do INSS

Exemplo são as sempre presentes reivindicações para a disponibilização de capacitação e as relativas ao sistema de metas e inadequação dos sistemas, que inclusive foram objeto do movimentos das CEAP em novembro do ano passado. Continuar lendo Pesquisa sobre condições de trabalho nas CEAB-DJ aponta para problemas antigos, nunca resolvidos pela direção do INSS

Congresso permite reestruturação de carreiras na Receita Federal que impacta servidores do Seguro Social

O Congresso Federal derrubou nesta segunda-feira (19) um veto presidencial de 12 anos atrás, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e autorizou a migração dos servidores da antiga Secretaria de Receita Previdenciária para a Carreira de Analista Tributário da … Continuar lendo Congresso permite reestruturação de carreiras na Receita Federal que impacta servidores do Seguro Social

Servidores do INSS elaboram “abaixo-assinado” no SEI para reivindicar solução no abatimento de metas

De acordo com o grupo, o documento, que pede divulgação diária do abatimento das metas em razão de indisponibilidade nos sistemas e a criação de um “banco de pontos”, deve ser entregue à DIRAT no próximo dia 19. Continuar lendo Servidores do INSS elaboram “abaixo-assinado” no SEI para reivindicar solução no abatimento de metas

INSS publica norma sobre funcionamento das unidades durante a pandemia

A direção central do INSS acaba de divulgar o Ofício SEI Conjunto Circular nº 01/2021/PRES-INSS/SPMF-ME DE 04/03/2021, que estabelece orientações sobre os procedimentos a serem adotados diante das restrições impostas para oferta de serviços por determinação de Decreto Estadual, Distrital ou Municipal e fechamento de unidades de atendimento do INSS. Continuar lendo INSS publica norma sobre funcionamento das unidades durante a pandemia

Reunião com presidente interino do INSS tratou sobre abatimento de metas, REAT e Portaria nº 1.199/2020

A audiência com a gestão foi solicitada durante o plantão do Coletivo Mudança e Renovação em Brasília, através do SINDISPREV-RS, com base nos problemas que foram levantados no Fórum Nacional de Mobilização dos Trabalhadores do INSS, realizado no dia 7 de dezembro. Leia matéria publicada pelo SINDISPREV-RS sobre a reunião. Continuar lendo Reunião com presidente interino do INSS tratou sobre abatimento de metas, REAT e Portaria nº 1.199/2020

INSS define abono de metas para o Amapá, mas ainda falta atender o restante da pauta de reivindicação dos servidores

Por pressão da categoria o INSS publicou abono de meta inédito referente ao período de 01/ a 10/11 e também comunicado sobre abono de meta no Amapá devido a situação de calamidade em decorrência do racionamento de energia elétrica. Neste momento é fundamental manter a mobilização, pois esses comunicados dos abatimentos, apesar de serem positivos, são paliativos diante das inúmeras dificuldades que ainda temos em nosso processo de trabalho. Continuar lendo INSS define abono de metas para o Amapá, mas ainda falta atender o restante da pauta de reivindicação dos servidores

Portaria 1.152/2020 é demonstração cabal da total falta de respeito com que a Direção do INSS tem tratado os servidores da área fim

A norma, publicada hoje, estabelece pontuações razoáveis para área meio, deixando evidente a subvalorização dos serviços realizados pela área fim. Na ponta, a situação já beira o intolerável. A medida gerou revolta entre os servidores da concessão, que literalmente carregam o instituto nas costas. Com isso, deve se fortalecer o movimento pela paralização das atividades caso a gestão não adote, imediatamente, medidas concretas para resolver o problema das pontuações. Continuar lendo Portaria 1.152/2020 é demonstração cabal da total falta de respeito com que a Direção do INSS tem tratado os servidores da área fim