Em audiência, presidente do INSS fala sobre reabertura das agências e reestruturação da carreira

Em audiência realizada agora a tarde com a FENASPS, o presidente do INSS, Leonardo Rolim, informou que será novamente adiada a reabertura do atendimento ao público no INSS. Conforme o gestor, a data prevista para a retomada do etendimento ao público no INSS deve ocorrer no dia 31/08 ou dia 07/09. Os diretores da FENASPS reafirmaram o entendimento de que não há condições de reabrir as unidades do INSS enquanto a pandemia não estiver controlada. Antes da definição da data de reabertura deverá haver nova reunião com a FENASPS.

Outro tema abordado por Rolim foi a proposta de criação de uma entidade gestora única dos regimes previdenciários, para administração do RGPS e RPPS. Conforme o presidente, já há aprovação do Ministério da Economia para que o INSS seja o responsável pela unidade gestora única. Esta matéria deverá ser objeto de um projeto de lei para incluir demais poderes e dentro deste projeto. Neste sentido, a ideia que vem sendo trabalhada é de transformar o INSS em uma autarquia especial.

Conforme já salientamos aqui neste blog, a reestruturação do INSS e a remodelação das competências do órgão resultarão em mudanças profundas nas atribuições dos servidores do seguro social, o que coloca a necessidade de discutirmos a reestruturação da própria carreira, e um espaço para pleitearmos reconhecimento e valorização das nossas atribuições. Questionado a este respeito, Rolim afirmou seu compromisso em defesa do reconhecimento desta nova carreira do seguro social como típica de Estado.

Lembramos que no dia 20 de agosto deverá acontecer uma reunião com o Comitê Temático de Gestão de Pessoas para tratar especificamente dos estudos que estão sendo desenvolvidos sobre a reestruturação da carreira do seguro social.

Os informes detalhados e as impressoes da audiência de hoje serão apresentados na Live da FENASPS de hoje, às 19 horas, pelo canal da FENASPS no YouTube. Assista.